Games de luxo

Quinta-feira, Abril 3rd, 2014

Recentemente estive em Paris. Que cidade linda! Não é a toa que está entre as primeiras cidades mais visitadas em todo o mundo.
Cada canto da cidade parece cenário de cartão postal com sua maravilhosa arquitetura. É lá que está um dos prédios mais significativos da era medieval, a catedral de Notre-Dame de Paris, reconhecida como o arquétipo da arquitetura Gótica. O lindo Seine de Louvre, originalmente a residência real, e, hoje, o mais famoso museu do mundo. É emocionante ver de perto todas aquelas obras que só estudamos nos livros. Em seu jardim está a pirâmide do arquiteto Ming Pei que é motivo de controvérsia. Também podemos admirar o Arco do Triunfo, inspirado pelo Arco de Titus na Roma; e a Torre Eiffel, a torre de metal que serviu para a Exibição Mundial de Paris
imagens de Paris

Sem falar que Paris é o berço da moda!!!  Duas vezes ao ano acontece a semana de moda mais famosa .

As marcas mais luxuosas estão por lá. Minha amiga e produtora de moda, Marina Comini, escreveu em sua monografia de finalização de curso sobre o luxo e as marcas de luxo. Ela diz que “O luxo proporciona, desperta, a realizaçao de desejos inconscientes, experiências únicas, o intocável, não lógico e coerente; diz sobre seu pertencimento social, seu poder. A marca de luxo passa a ser importante tanto quanto os artigos oferecidos; se torna um patrimônio. E assim, o marketing de luxo se mostra parte integral na história de anos de uma marca, sendo fundamental comodidade, e o que mais lhe convir; como a ideia de ser especial, para assegurar aos consumidores, qualidade, tradição, segurança, conforto, comprador diferenciado, com características próprias, com maior poder financeiro, poder de sanar mais que necessidades, desejos; status.”

marcas de luxo

 

mas o que tudo isso tem a ver com games?

Vender um produto de luxo é vender experiências. Comercializar uma ideia de comportamento, de estilo de vida, de  símbolo de sucesso e poder representado pelo produto e, melhor ainda, pela marca desse produto. Por isso os clientes não se importam em pagar quantias exorbitantes.
Algumas marcas sabem da força que os games tem para despertar experiências, e usaram disso em campanhas publicitárias e criaram seus advergames.

A Prada vestiu os personagens de Final Fantasy XIII-2 com sua coleção na comemoração dos 25 anos da série.

prada final fantasy

 

A campanha publicitária da Louis Vuitton publicada em dezembro de 2013, trouxe as capinhas de celular compondo vários jogos clássicos. O vídeo é curtinho e vale a pena assistir 🙂

A Channel produziu em 2010 um advergame temporário para iphone, que denominou de Lovely Game.  Desenhado como uma Slot Machine (dessas de cassino), foi criada para ajudar os fãs da marca a descobrir os novíssimos lançamentos.

Chanel Lovely Game

Chanel Lovely Game

Dior também fez um vídeo onde sua linha de maquiagem se transforma em cenários e peças de jogos como Pong, Pac Man, Tetris entre outros.

 

O mundo da moda já está prestando bastante atenção aos games. E esses dois universos compõem grandes fatias da economia atual. Por que não unir forças? 😉

 

PS: O trabalho de Marina Comini, O luxo na moda: Seus valores sociais e psicológicos, está disponível para consulta na biblioteca da Escola de Belas Artes da UFMG.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: